Prazo para participar do Catálogo da Música de Sergipe 2013 termina em 20 de julho

Músicos, artistas em carreira solo, bandas, técnicos de som, iluminação, professores de música, entidades e coletivos, como empresas e demais fornecedores voltados para a cena musical do estado tem até 20 de julho próximo para realizar seu cadastro e fazer parte do Catálogo da Música de Sergipe, edição 2013.

O Catálogo é um produto da pesquisa “Economia Política da Música em Sergipe: trabalho, tecnologia e mercado”, realizada pelo OBSCOM/UFS e terá sua versão impressa lançada em setembro. O objetivo é promover os agentes que atuam na cadeia produtiva da música no estado, dando-lhes visibilidade local, nacional e internacional. O foco, contudo, é o próprio mercado sergipano, já que seus exemplares serão distribuídos prioritariamente junto aos grandes contratantes, secretarias municipais de cultura e empresários locais e regionais.

Para realizar o cadastro é preciso acessar o endereço eletrônico http://obscom.com.br/musica/. Há duas opções para chegar ao cadastro, clicando na logo do Catálogo, em destaque, ou ainda na indicação em laranja, logo abaixo dos ícones das categorias elencadas, que correspondem a sete: artistas (solo/banda); empresas e fornecedores; Grupos e Organizações; escolas e profissionais de ensino; festivais e casas de show; produtores; e, profissionais e técnicos.

A partir daí, encontrará as informações sobre o que é o catálogo e como se cadastrar. O(a) interessado(a) terá uma conta própria de acesso, será responsável e terá o controle sobre os dados prestados, podendo a qualquer hora fazer atualizações e alterações. No caso da versão impressa, correspondente a 2013, o cadastro, bem como as últimas mudanças, deverá ser realizado até a data-limite de 20 de julho.

Cada categoria contempla uma atividade ou um conjunto delas. Por exemplo, técnicos de som se cadastram na categoria ‘profissionais e técnicos’. Como também fotógrafos, designers, luthiers, entre outros. Incluem-se nesta categoria, ainda, músicos instrumentistas, que atuam sob contratação em bandas de apoio.

Estúdios de ensaio, de gravação, fábricas, como lojas de comercialização, de instrumentos musicais, entre treze subcategorias definidas, devem ser cadastrados em ‘empresas e fornecedores’.

Coletivos e demais organizações, representativas ou não, também estão contempladas em categoria própria. O mesmo acontecendo para os festivais e as casas de shows.

Não perca tempo, acesse e se cadastre, contribuindo assim para o fortalecimento da música feita em Sergipe.

O Catálogo da Música de Sergipe tem o apoio da FAPITEC/SE, através do Edital No. 13/2011, de Políticas Públicas.Diretório _ Economia Política da Música

2 ideias sobre “Prazo para participar do Catálogo da Música de Sergipe 2013 termina em 20 de julho

  1. Yvana

    Essa é uma grande maneira de estarmos fazendo parte de um grande número de amigos do catálogo da música, só ,que ainda não consegui me escrever depois grandes tentativas

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *